O Grupo

O grupo Vida Seca possui uma trajetória de 12 anos, período em que vem desenvolvendo pesquisas sonoras com materiais reutilizáveis, do lixo, da sucata, e de onde mais for possível aproveitar. Uma carreira dedicada aos espetáculos, oficinas, intervenções, e também à reflexões sobre o consumo, o descarte, o lugar das coisas que criamos, que esquecemos e talvez possamos relembrar, recriar. 

O quarteto teve em sua fundação a participação do músico Pablo Petrucelli e desde de 2006 é formado por Danilo Rosolem, Igor Zargov, Ricardo Roquete e Thiago Verano. Com essa formação percorreu desde as escolas públicas e praças da região metropolitana de Goiânia e do interior de Goiás, passou por grandes centros como São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Montevidéu, Buenos Aires, Lisboa e Porto, sempre mantendo a busca por novas experiências sonoras com os objetos, novos olhares sobre a música e o mundo. Experiências de muito aprendizado, com o público, alunos, parceiros e mestres. 

Em 2008 lançaram seu primeiro álbum, Som de Sucata, produção independente que desde 2014 é distribuída no mercado europeu pelo selo francês Novo Mundo. Em 2012 lançaram o DVD Vida Seca com apoio da Lei Goyazes de Incentivo à Cultura, contendo um show ao vivo e dois curtas metragens, realizados em parceria com os grupos parceiros ¿por quá? grupo de dança e Grupo EmpreZa. Em fevereiro de 2015 lançaram seu mais recente álbum, Rua 57, Nº60, com material baseado na trilha sonora do curta metragem que integra o DVD Vida Seca.  O grupo também participou de diversas trilhas sonoras, com destaque para o longa metragem A Noite do Chupacabras, do cineasta capixaba Rodrigo Aragão.  

Desde 2012 o Vida Seca realiza juntamente ao ¿por quá? grupo de dança o projeto POR ACASO - Tardes de Improviso, uma intervenção urbana que propõe improvisos de música e dança como uma forma de interação social. Seu mais novo projeto musical, chamado Instrumentralha, está em desenvolvimento e será lançado em 2017.,


INTEGRANTES

thiago.png

Autodidata natural de Piracicaba - SP. Em Goiânia desde 2003, trabalhou com os grupos De Volta Ao Samba, Sambaobá, LuziLuzia e com o músico Gustavo Ribeiro. Atualmente trabalha com as bandas Pó De Ser, Mazombo, Mundhumano, Jeferson Leite e Trio Gavião e Na Asa Do Vento.

 
 

Compôs trilhas para espetáculos de teatro da Cia Sala 3 e Projeto “Arte Educação. Atualmente é professor de música do estado de Goiás e integra o Grupo do Laboratório de Percussão do Instituto Federal de Goiás (GruLaPe) e o Grupo de pesquisa de percussão popular do Estado “Ciranda de Fogo.”

 
 

Atuou compondo arranjos de percussão em trabalhos como o CD de música infantil Em Cantos(2006), de Denise Godoy, e no CD No Cerne da Madeira(2006), da banda Coró de Pau, da qual foi percussionista e segunda voz entre 2002 e 2006. 

 
 
ricardo.png

Atua como produtor audiovisual e coordena o Teatro do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Goiás, Goiânia. 

 

PARCEIROS